RNP lança serviço de Telepresença

RNP lança serviço de Telepresença

Indústria

Organização social que atua nas áreas de Ciência, Tecnologia, Educação, Saúde e Cultura

Uso Diário

Telepresença entre as instituições de ensino, pesquisa e saúde, treinamentos e reuniões à distância e telemedicina

Soluções

  • 6 Soluções de Telepresença Imersiva OTX300

  • 1 RMX4000 com 60 portas HD (180 recursos)

  • 1 CMA5000 com 500 licenças

  • 1 RSS4000 com 10 gravações simultâneas

Resultados e benefícios

  • Eliminou-se barreiras à distância

  • Facilidade no compartilhamento de conteúdo

  • Economia de recursos financeiros ao reduzir custo com viagens

  • Evita horas perdidas em deslocamentos

  • Permite consultas on-line, atendimento médico à distância, segunda opinião para casos de saúde mais complexos, telediagnóstico por imagem, entre outros

Comunicação por vídeo de alta qualidade beneficia pesquisadores, professores, cientistas, médicos e estudantes ligados às instituições clientes da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP)

A RNP, organização social responsável pela Internet acadêmica brasileira, que interliga mais de 500 instituições de ensino, pesquisa, saúde e cultura do país, está modernizando sua estrutura de comunicação e colaboração com a aquisição de soluções de Telepresença.

Com áudio e vídeo em alta definição, o novo serviço de Telepresença da RNP permite a realização de reuniões imersivas, onde os participantes têm a impressão de estar interagindo presencialmente. Além disso, possibilita a integração com outros serviços da RNP, como Videoconferência e Conferência Web.

Na primeira etapa de estruturação do serviço, a RNP adquiriu seis salas de Telepresença, Polycom Open Telepresence Experience™ (OTX™), que estarão disponíveis para uso no segundo semestre de 2011, nos núcleos de telemedicina e telessaúde da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), e também no escritório da RNP em Brasília e na Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), unidade do Rio de Janeiro. “Nossa estratégia é estimular a implementação do serviço de Telepresença entre as instituições de pesquisa e saúde e consolidar a adoção da tecnologia em âmbito nacional, assim como fizemos anteriormente com as soluções de Videoconferência”, afirma o gerente de Projetos da RNP, Hélder Vitorino.

A sala de telepresença imersiva Polycom OTX permite que a equipe trabalhe com maior eficiência, aumente a produtividade, acelere e melhora a qualidade dos processos decisórios graças à alta qualidade de vídeo, áudio espacial e conteúdo compartilhado. A solução maximiza a sensação dos participantes de estarem sentados na mesma mesa e possui design inovador que aperfeiçoa as reuniões.

A sala foi totalmente adaptada para oferecer os recursos de imersão, item fundamental para salas de Telepresença, com os ajustes estruturais e de iluminação realizados pela DigitalNet Brasil, empresa escolhida como parceira da Polycom por possuir o nível Platinun Partner e atender seus rigorosos requisitos de qualidade. Além disso, os profissionais da Digitalnet Brasil envolvidos neste projeto participaram de um extenso processo de certificação na Polycom que garantiu a qualidade e padronização na implantação e configuração de todos os equipamentos envolvidos. “Foram utilizadas as melhores práticas de gerenciamento de projetos no planejamento e execução da implantação da rede de telepresença”, afirma José Augusto Mendes Júnior, Gerente Comercial da DigitalNet.

“As salas de Telepresença permitem consultas on-line, atendimento médico à distância, segunda opinião para casos mais complexos, telediagnóstico por imagem, entre outros benefícios. Vamos atenuar o problema da carência de especialistas em locais afastados e proporcionar educação continuada para profissionais da área médica sem necessidade de deslocamento para os centros de referência”
Luiz Ary Messina, Coordenador Nacional da Rute

O serviço de Telepresença consiste na disponibilização de salas que poderão ser utilizadas pelas organizações que fazem parte da rede Ipê, a rede acadêmica brasileira operada pela RNP. Caso a instituição tenha sua própria sala de Telepresença, ela também será beneficiada, pois poderá reservar a unidade de controle multiponto (MCU) para viabilizar as múltiplas conexões, se necessitar realizar reuniões com várias instituições simultaneamente. Para auxiliar as instituições no uso das salas, estará disponível o atendimento pelo Service Desk da RNP, todos os dias, das 07h às 23h.

A criação do serviço de Telepresença possibilita o aumento da estrutura de comunicação e colaboração e duplica a capacidade atual de troca de informações por áudio e vídeo na rede Ipê. Junto ao investimento para a criação da infraestrutura do novo serviço, a RNP está agregando maior capacidade ao já existente serviço de Videoconferência.

“A integração por sessões de Telepresença oferece novas possibilidades e incrementa imensamente a comunicação e colaboração. Esperamos mais agilidade e integração das pesquisas, com impulso grande na produção acadêmica. Além disso, a ampliação da estrutura de Videoconferência promove economia significativa de gastos com viagens – passagens aéreas, diárias de hotéis e alimentação – e evita horas perdidas em deslocamentos. O Brasil é um país com dimensões continentais e tem muito a ganhar com a consolidação de redes colaborativas”.
Hélder Vitorino, Gerente de Projetos da RNP

A iniciativa traz ainda um espaço de colaboração audiovisual em alta definição para a Rede Universitária de Telemedicina (Rute), que possui atualmente 53 núcleos em operação em todo o país, expandindo em 2011 para mais 28 Hospitais de Ensino e 44 SIGs (Special Interest Groups ) na área médica. “As salas de Telepresença permitem consultas on-line, atendimento médico à distância, segunda opinião para casos mais complexos, telediagnóstico por imagem, entre outros benefícios. Vamos atenuar o problema da carência de especialistas em locais afastados e proporcionar educação continuada para profissionais da área médica sem necessidade de deslocamento para os centros de referência”, diz Luiz Ary Messina, coordenador nacional da Rute

Soluções possibilitam consumo de largura de banda 50% menos

As soluções de Telepresença adquiridas pela RNP são fornecidas pela Polycom, uma das líderes globais em comunicações unificadas. As salas têm tecnologia OTX (Open Telepresence Experience) de Telepresença Imersiva em alta definição e consomem 50% menos de largura de banda que as soluções similares, permitindo redução significativa de custos e melhor performance. Além da instalação das seis salas de Telepresença citadas acima, a Polycom fornecerá suporte técnico e manutenção por dois anos.